Querido (a) visitante

Este é o meu espaço onde compartilho com você mensagens bíblicas e publicações diversas.

Deus seja exaltado em todas as coisas que fazemos!

domingo, 18 de dezembro de 2011


Dilma é criticada em evento gay por se aproximar de evangélicos

FOLHA.COM 16/12/2011 06h30


A presidente Dilma Rousseff foi criticada na abertura da 2ª Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos LGBT por não se posicionar abertamente sobre a homofobia e por se aproximar de segmentos evangélicos.
"Nossa presidente esteve na ONU e não teve coragem de falar de homofobia (...) Enquanto acordo com evangélicos for feito nas cortinas do palácio, o sangue das travetis vai continuar correndo", disse a travesti Jovanna Baby, durante seu discurso, na presença dos ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) e Maria do Rosário (Direitos Humanos).
Pouco depois, quando Jovanna Baby citou o ex-presidente Lula, a plateia de cerca de 800 pessoas se levantou e começou a gritar "Lula! Lula! Lula!". Ao final do discurso da travesti, o público cantou "Ô, Dilma, que papelão, não se governa com religião", o que deixou constrangidos os dois ministros.
O então presidente Lula participou, em 2008, da 1ª conferência.
Ao tomar a palavra, Maria do Rosário afirmou que não é justo esquecer que o trabalho da Secretaria dos Direitos Humanos, responsável pela conferência e por outras iniciativas para o segmento, é respaldado pela presidente Dilma.
  • foto
À Folha, Gilberto Carvalho disse que "o governo age em conjunto. A publicidade [campanha de TV de combate ao preconceito contra gays, lançada ali] é financiada pelo governo".
O evento homenageou o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Ayres Britto, relator da ação que reconheceu a união homoafetiva em maio deste ano. O ministro arrancou aplausos da plateia cada vez que defendia a total igualdade entre homossexuais e heterossexuais.
"Procurei estudar a Constituição por todos os ângulos, por todos os aspectos, desde o seu preâmbulo até seu último artigo, para ver se era juridicamente acertado, irretocável, correto, reconhecer às pessoas homoafetivas os mesmos direitos --mas todos os direitos, todos, sem exceção-- das pessoas heteroafetivas (...) para felicidade minha, surpresa agradabilíssima, quanto mais eu desfilava pela passarela da Constituição com a minha alma totalmente aberta, eu só encontrava confirmação de que é um absurdo, é uma violência, é fundamentalismo dizer que a pessoa é mais ou menos digna pelo fato da sua orientação sexual. Não há como fazer distinção", disse ele.
                                * * * * * * * * * * * * * * * * * * 

E depois dizem que nós é que somos "preconceituosos", "homofóbicos"" Eu, particularmente acredito, que os homossexuais são extremamente preconceituosos e a "fobia" que têm em relação aos evangélicos é extremamente acentuada. Talvez, isso se deva ao fato de que sempre que olham para os "crentes" vejam a Palavra de Deus estampada em nossas vidas. Pois, é a Palavra de Deus que afirma: "Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus" 1 Coríntios 6.10 e "E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm". Romanos 1:27-28 . Por eles, devemos orar e continuar pregando, quer ouçam, quer deixem de ouvir, pois eu continuo acreditando que a Palavra de Deus, liberta, transforma e conduz o homem a ser uma nova criatura. Podem até mudar as leis humanas, mas nunca poderão mudar a Palavra de Deus, porque escrito está: "Passarão os céus e a terra, mas as minhas palavras nunca hão de passar" (lucas 21.33)
                                                                                             Rose Prado



2 comentários:

  1. Olá amiga, Graça e Paz!
    É, infelismente nossa sociedade caminha a passos largos para a perdição, posso dizer também, por estar inserido em ambiente acadêmico, que com intensidade defendem os direitos à homosexualidade, argumentando-se de que todos são livres. Mas sabemos que são prenúncios do fim, porem, somos agentes do Senhor aqui e não podemos calar, apesar de a persuasão social trabalhar insistentemente na mente dos poucos que lutam pela verdade. A despeito de tudo, continue lutando, pois vivemos uma promessa que se cumpre todos os dias em nossa vida. SOMOS MAIS QUE VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Deus te abençoe querida.

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga, Graça e Paz!
    É, infelismente nossa sociedade caminha a passos largos para a perdição, posso dizer também, por estar inserido em ambiente acadêmico, que com intensidade defendem os direitos à homosexualidade, argumentando-se de que todos são livres. Mas sabemos que são prenúncios do fim, porem, somos agentes do Senhor aqui e não podemos calar, apesar de a persuasão social trabalhar insistentemente na mente dos poucos que lutam pela verdade. A despeito de tudo, continue lutando, pois vivemos uma promessa que se cumpre todos os dias em nossa vida. SOMOS MAIS QUE VENCEDORES EM CRISTO JESUS. Deus te abençoe querida.

    ResponderExcluir

Deixe o seu comentário!!