Querido (a) visitante

Este é o meu espaço onde compartilho com você mensagens bíblicas e publicações diversas.

Deus seja exaltado em todas as coisas que fazemos!

domingo, 16 de abril de 2017

"Amarás o teu próximo como a ti mesmo"

Ao longo dos anos tenho aprendido que quanto mais procuramos agradar as pessoas, mais elas exigem de nós. Quanto mais fazemos, mais elas querem que façamos. E, basta expor um pequeno desejo que confronte e já deixamos de ser "pacientes", "tolerantes", "verdadeiros cristãos"... pois no entender de algumas pessoas o cristianismo é uma "auto-anulação" em prol de outrem. E Jesus nunca pregou ou ensinou sobre isso. Ao contrário, Ele disse: "Amarás o teu próximo como a ti mesmo". Entendo nessas palavras de Jesus que para ser benção para quem está ao nosso redor não podemos anular nossos sonhos, nossos desejos e nossos propósitos, pois à medida em que colocamos de lado, constantemente, a nossa a vida em detrimento de outrem, nos tornamos frustrados, infelizes e desanimados. Devemos amar e ajudar o próximo sem, contudo, permitir interferências na nossa vida pessoal ou familiar. 

E, meditando sobre essas coisas me deparei com o texto de Provérbios 13.12 que diz: "A esperança demorada desfalece o coração, mas o desejo atendido é árvore de vida". Em outras palavras, o texto nos ensina que, se constantemente, colocarmos de lado a "nossa esperança ", o nosso coração desfalece ou como afirma outra versão do texto, o nosso coração enfraquece. Isto é, vem o desânimo e destrói a nossa esperança de ver os sonhos realizados. A longa espera por algo que nunca chega faz a alma enfraquecer... 

A Bíblia também nos fala de uma parábola ensinada por Jesus - a do bom samaritano, que encontra um homem quase morto caído no caminho e é ignorado pelo sacerdote e pelo levita. O bom samaritano faz os primeiros socorros ao moribundo e depois o leva a uma hospedaria e paga todas as despesas afim de que ele seja bem cuidado (Lucas 10.30-35). Observo neste texto que em momento algum o bom samaritano levou o homem ferido para sua casa. Aprendo aqui que precisamos ajudar o próximo sem, contudo, permitir que ele interfira em nosso lar, em nossa vida pessoal ou em nossos sonhos.

A vida passa rápida demais, por isso devemos lutar por nossos sonhos antes que chegue a velhice e nos impeça de desfruta-los.

Devemos amar e ajudar o próximo, mas lembrando sempre que temos uma vida a ser vivida com qualidade e não com frustrações.
                                                      Pastora Rose Prado

quinta-feira, 30 de março de 2017

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

FAMÍLIA - LUTE PELA SUA!

A maior batalha do ser humano não são as guerras entre as nações, não são as lutas pelo poder entre os governos ou religiões... Não! A maior batalha é a luta pela família! 
É uma guerra invisível que causa feridas interiores, que desmorona sonhos; que sangra o peito e esmurra a alma. É a luta pela família unida e saudável em todas as áreas: física, emocional e espiritual. É uma guerra invisível porque luta-se para superar vivências negativas do passado, costumes e culturas que muitas vezes engessam o pensamento dos cônjuges herdados de seus pais. É uma guerra invisível contra o inferno que ataca impiedosamente as famílias buscando destruir a célula-mater da sociedade que, uma vez corrompida enfraquece a Igreja que Cristo comprou com o preço do seu sangue. 
Uma guerra invisível em que satanás promove a discórdia, a desunião, a tristeza e por fim, a separação. É preciso saber discernir quando estamos lutando entre nós mesmos e quando deixamos de lutar contra quem de fato veio para nos destruir. Como esta escrito em 1 Co. 10.4 "as armas da nossa luta não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruir fortalezas". Muitos casais se separam porque lutam um contra outro; não suportam os erros, os costumes, o jeito de ser do outro e se esquecem de quem de fato os está destruindo. Não é pela força, nem pela imposição, nem pelo autoritarismo que se vence essa batalha, mas sim, pela sabedoria, pelo discernimento, pela humildade de olhar para dentro de si mesmo e se auto perguntar: "o que eu posso fazer para melhorar o meu casamento?" Esta única pergunta abrirá a porta para Deus entrar na situação e mostrar quais são as armas da sua guerra. 
Pense nisso...
"O destruidor subiu contra ti. Guarda tu a fortaleza, vigia o caminho, fortalece os lombos, reforça muito o teu poder" (Naum 2:1),
Pastora Rose Prado - Ministério Edificando Vidas!