Querido (a) visitante

Este é o meu espaço onde compartilho com você mensagens bíblicas e publicações diversas.

Deus seja exaltado em todas as coisas que fazemos!

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Resposta a uma ex aluna minha!

Queridos,o texto a seguir é para todos os que estão decepcionados comigo. A resposta que dei (no Facebook) para a minha ex aluna (cobri o nome e a foto, não quero expô-la), serve pra você também. Eu sofro preconceitos diariamente e só meu marido e meus filhos sabem o que passo. Por isso, estou postando essa resposta a todos os demais que pensam como ela. 




"Querida, imagina! Eu não sou preconceituosa e se passei essa imagem te peço perdão aqui, publicamente! Até porque, eu sou a ultima pessoa deste mundo que não deve ser preconceituosa, pois sofro o preconceito todos os dias em decorrência da minha deficiência física. Sofro preconceito em filas de banco, no ônibus municipal, no olhar das pessoas, no tratamento que diariamente recebo de pessoas que acham que um deficiente físico é menos capaz do que pessoas fisicamente normais. Agora, eu luto sim contra o kit gay nas escolas porque acredito na FAMILIA TRADICIONAL estabelecida por Deus e penso que a escola não é para incutir pensamentos libertinos na mente das crianças! Luto sim, para que NÃO haja cotas para professores homossexuais nas escolas porque acredito que eles tenham que competir por capacidade junto com todos os demais. Luto sim, contra a PL 122, porque entendo que HOMOFOBIA não é ter uma opinião diferente da deles e sim exercer violência a ponto de espancar ou matar um homossexual, coisa que os evangélicos não fazem e como já tem sido dito pela imprensa inúmeras vezes, existem leis contra a violência para "todas" as pessoas e portanto, não se faz necessário criar uma lei para um grupo específico. Luto sim, pela liberdade de expressão e fé, garantida pela nossa Constituição, expressão esta, que eles desejam podar aos evangélicos. Luto sim, pela causa do Evangelho que eles escarnecem e desrespeitam. Penso que se eles escolheram ser homossexuais eles, então, precisam assumir suas escolhas e seguir em frente sem atacar a nossa fé e as nossas escolhas. Vivemos num país democrático e temos essa liberdade Sobre sua fala acima, eu já tive aluno homossexual sim e me relacionei muito bem com ele, sem nenhum tipo de problema ou constrangimento, nem pra mim e nem pra ele, pois sei respeitar a escolha das pessoas. Porém, saber respeitar não significa apoiar ou fazer apologia. Agora te pergunto: o que eles estão fazendo não é uma perseguição religiosa? Não é EVANGELHOFOBIA? Não é CRISTÃOFOBIA? Estamos caminhando numa direção neste país em que ser hetero ou cristão é motivo de ter que explicar, se comportar e calar diante daqueles que se nos opõe. Quero que você saiba que vou continuar postando a favor da FAMILIA TRADICIONAL, contra a PL 122, contra os privilégios que os ativistas gays estão requerendo e contra qualquer manifestação que venha podar o meu direito de cidadã. Você sabia que pra um deficiente físico passar numa circular com a carteirinha de gratuidade, ele tem que assinar atestado de pobreza? Sabia que a cada 2 anos temos que passar por um perito e provar que continuamos sendo deficientes físicos? Sabia que se a minha carteira de deficiente físico vencer hoje, amanhã não posso passa-la no ônibus apesar de continuar sendo deficiente? Você sabia que Deficiente Físico sofre preconceito muito mais acirrado do que os homossexuais? Querida, antes de nos decepcionarmos com uma pessoa precisamos primeiro conhecê-la. Você sabia que quando fui ganhar meu primeiro filho sofri preconceito no hospital pois eu afirmava que não podia ter parto normal por causa da deficiencia e as enfermeiras diziam: "É, mas a deficiencia não te impediu de fazer filho neh, agora aguenta" e que tive que provar que não era possível o parto normal? Voce sabia que as pessoas me paravam na rua e me perguntavam (quando me viam grávida), quem iria me ajudar a criar o fllho pois achavam que eu era mãe solteira, pois deficiente fisico, não pode encontrar o amor, não pode se casar, não tem o direito de ter uma vida normal. E tantos outros preconceitos enfrentei e ainda enfrento diariamente... pois então minha querida, não me venha falar em preconceito, pois não tenho nem em relação a mim mesma quanto mais aos outros. Eu sigo em frente lutando pelo que acredito e com a certeza de que ainda vou desagradar muita gente que faz apologia ao movimento gay. É preciso rever os conceitos que fazemos das pessoas. Amo os homossexuais, mas não concordo com suas práticas, pois a Bíblia chama de pecado e vivo neste mundo para pregar a salvação e a libertação do pecado. Respeite a minha fé".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu comentário!!